sábado, 28 de fevereiro de 2015

BLOGAGEM COLETIVA

A 2ª palavra do desafio da Chica é VIOLA

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre

Origem

Tem sua origem nas violas portuguesas, oriundas de instrumentos árabes como o alaúde. As violas são descendentes diretas da guitarra latina, que, por sua vez, tem uma origem arábico-persa.1 As violas portuguesas chegaram ao Brasil trazidas por colonos portugueses de diversas regiões do país e passou a ser usada pelos jesuítas na catequese de indígenas.1 Mais tarde, os primeiroscaboclos começaram a construir violas com madeiras toscas da terra. Era o início da viola caipira.

Tipos de viola


Viola caipira em exposição.
Existem várias denominações diferentes para Viola, utilizadas principalmente em cidades do interior: viola de pinho, viola caipira, viola sertaneja, viola de arame, viola nordestina, viola cabocla, viola cantadeira, viola de dez cordas, viola chorosa, viola de queluz, viola serena, viola brasileira, entre outras.
A viola caipira tem características muito semelhantes ao violão. Tanto no formato quanto na disposição das cordas e acústica, porém é um pouco menor.
As afinações mais conhecidas  para este instrumento : Cebolão, Rio Abaixo, Boiadeira e Natural.
A viola é o símbolo da original música sertaneja, conhecida popularmente como moda de viola ou música raiz.
 O músico e instrumentista já falecido Renato Andrade comprovou em meio de estudos em que conseguiu imitar instrumentos como: Harpa de concerto, Harpa Paraguaia, Guitarra Portuguesa, Bandolim Napolitano, Balalaica Russa, e como ele sempre dizia: "...também imita a viola!"

Lendas e história.

Há diversas lendas e histórias a respeito das afinações da viola. O nome da afinação Cebolão seria do fato de as mulheres chorarem, emocionadas ao ouvir a música, como quem corta cebola.
A afinação Rio Abaixo seria originada na lenda de que o Diabo costumava descer os rios tocando viola nessa afinação e, com ela, seduzindo as moças e as carregando rio abaixo. Do violeiro que utiliza esta afinação diz-se, eventualmente, que pode estar enfeitiçado ou ter feito pacto com o demônio.
Acredita-se que a arte de tocar viola seja um dom de Deus, e quem não o recebeu ao nascer nunca será um violeiro de destaque. Porém, a lenda diz que mesmo a pessoa não contemplada com este dom pode adquirir habilidade de um bom violeiro. Uma das opções seria uma magia envolvendo uma cobra-coral venenosa e é conhecida como simpatia da cobra-coral. Outro modo seria fazer rezas no túmulo de algum antigo violeiro na sexta-feira da paixão. Há ainda a possibilidade de o violeiro firmar um pacto com o Diabo para aprender a tocar viola. Porém, o violeiro que faz este tipo de pacto não vai para o inferno já que todos no "céu" querem violeiros por lá.
Uma característica dos violeiros típico do nordeste são os duelos de tocadores. Todo bom violeiro se auto-afirma o melhor da região. Se outro violeiro o contraria, o duelo está começado.
Em certas regiões, por tradição, as violas carregam pequenos chocalhos feitos de guizo de cascavel, pois segundo a lenda, tem poder de proteção para a viola e para o violeiro. Segundo contam os violeiros de antigamente, o poder do guizo chega a quebrar as cordas e até mesmo o instrumento do violeiro adversário.
A viola está presente em diversas manifestações brasileiras, como CatiraFandangoFolia de Reis, e outras, pelo Brasil afora.

Das expressões conhecidas,  , decidi fazer minha participação:

 - Meter a viola no saco = a não contestar.
- Tocar a  viola sem corda =  falar à toa.

Sem razão, é melhor  ensacar a viola .

Fofoqueiros gostam de tocar viola sem corda...

E tem mais sobre viola:

Rhinobatidae é uma família de raias vulgarmente chamados peixe guitarra, peixes-viola, pela forma do corpo.

Os peixes-viola encontram-se em águas tropicais de todos os oceanos, principalmente em águas costeiras, raramente entrando em estuários. O corpo é intermédio entre o do um tubarão e o de uma raia, com as barbatanas peitorais dando à cabeça a forma de um coração e o resto do corpo alongado, com duas barbatanas dorsais bem desenvolvidas e uma caudal típica da classe, sem espinhos. .
Assim, minha frase  praiana é:

Na tardinha, recomendo: cervejinha  com  viola fritinha.

Quer saber o que os demais escreveram? Clica aqui :www.sementesdiarias.blogspot.com









27 comentários:

  1. Lia, que bela aula sobre a viola em suas mais diferentes concepções! Adorei! E tuas frases, cada uma de acordo com os ditos populares, ficaram legais!

    Se todos que não tem razão enfiassem a viola no saco e se mandassem!!! Coisa boa seria!!


    E os fofoqueiros? Ficou ótima! E ainda ao final, lembraste da violinha... Bela participação!

    Obrigadão! bjs, chica e lindo fds!

    ResponderExcluir
  2. Pesquisa boa, Lia, que trouxe uma bela participação!
    Gostei muito... As expressões são fantásticas!
    Bom sábado... Tudo de bom...
    Beijos

    ResponderExcluir
  3. Quanta informação, muito boa participação! Com certeza, já fizeste muitas violinhas para comer com uma cervejinha gelada aí pelos ares de Capão Novo.
    Abraço, bom final de semana!
    Sonia

    ResponderExcluir
  4. Lia, parabéns pela sua bela postagem e sabe que realmente essas lendas existem e há um tempo atrás eu assisti a um filme brasileiro tinha exatamente um momento do violeiro e o pacto com o diabo, tinha a tal cobra.Foi deveras interessante, mas nem sei mais o nome do filme! Quanta coisa que eu não conhecia e nunca ouvi falar desse peixe! Gosto demais do duelo dos violeiros. Um grande abraço e feliz semana!

    ResponderExcluir
  5. Vou contar um segredo para você: fiquei aguardando ansiosamente o resultado da sua pesquisa "violística". Muito legal!
    Um abraço!

    ResponderExcluir
  6. Olá!
    Hehehe, a sua participação é uma aula!!!!
    Muito legal!
    Não sabia dessa espécie de raias....
    Lindo fim de semana!
    Um super bjo!

    Alê - Bordados e Crochê
    Fã Page

    ResponderExcluir
  7. Boa tarde Lia,
    Excelente a sua participação e frases!
    Não conhecia o segundo proverbio, assim como o peixe viola, que deve dar um bom petisco;))!
    Excelente também saber origem da viola!
    Se puder ouça um som de guitarra e viola lá no meu sinais.
    Beijinhos e bom fds.
    Ailime

    ResponderExcluir
  8. Ui, enfiar a viola no saco e se mandar...Seria ótimo para agente ficar livre de alguns não é mesmo?
    Mas essa viola fritinha com um cervejinha geladinha, essa é da hora!
    Linda sua participação parabéns!
    Bjss

    ResponderExcluir
  9. Sempre maravilhosa ,muitos beijinhos

    ResponderExcluir
  10. Olá, querida Lia
    A segunda é ótima!!! Coitados!!!
    Bjm quaresmal

    ResponderExcluir
  11. Oi Lia! Ficou ótima a sua participação, muito esclarecedora. E para os fofoqueiros de plantão, desejo que não contestem ir embora! Beijo! Renata

    ResponderExcluir
  12. Adorei, Lia!!!
    E as suas explicacoes sempre nos ensinam! A prendo muito por aqui!
    Mas, fala serio! Essa viola com cervejinha eh tudo de bom!!!!
    Bjs e uma otima noite!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Agradeco as suas palavras carinhosas deixadas la no blog! Bjs

      Excluir
  13. Engraçado entrei num desafio igual com o blogue sotepeco5minutos.blogspot.pt :)

    ResponderExcluir
  14. Engraçado entrei num desafio igual com o blogue sotepeco5minutos.blogspot.pt :)

    ResponderExcluir
  15. Sua participação nesta brincadeira séria é sempre rica de informações.
    Gosto de ler sua construção e aprender mais deste Brasil grandão e tão diverso.
    Linda e linda sua participação.
    Um carinhoso abraço e bom domingo para uma semana feliz.
    Bju no coração.

    ResponderExcluir
  16. Muito legal sua participação.
    E, temos que tomar cuidado com as violas sem cordas, nao? rsrsrsr
    Bjs

    ResponderExcluir
  17. Lia,

    Nesse caso, é melhor colocar a viola no saco. rs
    Ah um peixinho frito, eu adoraria comer agora.
    Tadinho do peixinho, até ele entrou na roda da viola. kkk
    Linda participação! Abraços

    ResponderExcluir
  18. Muito legal a historia da viola e tem peixe com esse nome? Eu não sabia havia tantas denominações para a viola, fiquei conhecendo muita coisa quem fazia ideia. Perfeita participação. Abraços e bom domingo.

    ResponderExcluir
  19. Amiga Lia. sempre nos oferece participações criativas e educativas.
    Todas as frases ficaram perfeitas!
    beijinho e boa semana.


    ResponderExcluir
  20. Oi Lia! Obrigada por seu comentário e incentivo nas mudanças! Sua participação foi uma verdadeira aula sobre viola,uau!Gostei!Bjos e boa semana!

    ResponderExcluir
  21. Oi Lia! Obrigada por seu comentário e incentivo nas mudanças! Sua participação foi uma verdadeira aula sobre viola,uau!Gostei!Bjos e boa semana!

    ResponderExcluir
  22. O Lia! Muito boa e elucidadtiva tua participaçãoBom domingo Beijos

    ResponderExcluir
  23. Oi Lia!
    Quanta coisa aprendi lendo o seu post, Vivendo e Aprendendo, rs!
    Adorei as frases, não sabia que tocar viola sem corda era falar à toa, aprendi mais uma! rs
    Bjão!

    Vivendo e Aprendendo
    Fotos e Prosas

    ResponderExcluir
  24. Olá Lia , vim agradecer pela visita .E vou logo dizendo que o nome do blog me atraiu "Lia lendo a vida" Bem criativo e original. Quanto à participação , vc foi muito mais além do que simplesmente formar uma frase . Nos trouxe informações inéditas . Eu, francamente não conhecia esse tal de peixe viola . Deve ser bom comer "viola fritinha" Rsrsrs... parabéns pela originalidade . Abcs.

    ResponderExcluir
  25. Ah, e não serei eu a "ducentésima" ? Já me cadastrei lá como seguidora . Bjs .

    ResponderExcluir
  26. Olá Lia,
    Gostei imensamente da sua aula, Lia
    E as suas frases ficaram bem legais!
    Viola fritinha é muito bom só não gosto de cervejinha...rs
    Deixo um beijinho carinhoso para você
    Verena e Bichinhos

    ResponderExcluir